Marriage Contract

Imagens| Google

Olá meninas tudo bem?
Faz um tempo que não faço nenhuma resenha de séries - neste caso um K-Drama -  aqui no blog, para quem acompanha o E ai Eliz? sabe que sou apaixonada por K-Drama e vejo muitos e sempre que possível divido com vocês as minhas impressões, mas claro sem spoilers para não perder a graça.
Para quem não sabe o que é um K-Drama vou deixar o post Top - Top: 10 Dramas Emocionantes e Românticos,  lá conto um pouco sobre o que é e falo dos que mais me emocionaram na época.
Hoje vou falar sobre Marriage Contract, sem dúvida nenhuma foi o que mais me emocionou e com toda certeza entra na minha listinha de top 10.


A minha história com Marriage Contract é um tanto engraçada, em um dia estava eu buscando no aplicativo do Drama Fever algo para assistir e então que aparece Marriage Contract, como sempre li a sinopse e resolvi assistir, foi a melhor coisa que fiz, confesso que chorei um pouco, mas também enxerguei e fiquei maravilhada com a mensagem passada pelo drama.


Titulo: 결혼계약 / Gyeolhongyeyak
Anteriormente conhecido como: Wife of 100 Days / Hundred-Day Wife
Genero: Melodrama
Episodios: 16
Canal: MBC
Periodo de Transmissão: 05/03/2016 a 24/04/2016

Ouça enquanto lê o post

Sinopse:
Ji Hoon é um filho ilegítimo de uma família rica. Quando a sua mãe descobre que precisa de um doador para um transplante de fígado e que se não arranjar um doador urgente ela pode morrer, ele resolve arranjar um membro da família para a realização da cirurgia. Porém o único irmão de sua mãe se recusa a fazer a doação e assim ele decide fazer um contrato de casamento como último recurso para salvar a sua mãe. Hye Soo está atolada em dívidas deixadas por seu falecido marido e vive sua vida fugindo dos cobradores juntamente com sua filha. Quando ela descobre que tem um tumor cerebral, ela deixa de lado sua timidez e assina o contrato matrimonial com Ji Hoon para quitar com suas dívidas. Sinopse extraída de Wikia.



Vou confessar que dei uma chance para o drama, assim que li a sinopse pensei que poderia me decepcionar assim como aconteceu com alguns dramas anteriores, mas como não custa nada da uma chance, acabei me surpreendendo com o desenrolar da história e me apaixonei por completo. 

Sem mais delongas vamos ao drama:
Hye Soo é uma mãe muito carinhosa que vê o seu conto de fadas acabando de uma hora para a outra, seu esposo repentinamente morre e a deixa uma divida enorme com agiotas, desde então sua vida vem sendo um caos, cuidar e educar a filha, não deixar a criança perceber as dificuldades que a mãe esta tendo, sofrer com o desprezo da sogra, que a culpa pela morte de seu filho, desempregada e com um bando de agiotas em seu encalce, sua vida parece que não tem como piorar.
Do outro lado da história tem Ji Hoon, um homem rico, bonito, bem sucedido que tem um lindo restaurante e é fruto de um relacionamento extraconjugal. Já da para imaginar que não tem um bom relacionamento com os familiares da parte de seu pai, mas a situação é ainda mais delicada, sua mãe não conseguiu aceitar o fim do relacionamento e se torna uma mulher amargurada, doente, dando assim inicio a mais sofrimento.
Entre esse turbilhão de emoções, sofrimento, angustias e decepções Hye Soo descobre de forma amarga que tem um tumor cerebral e já é tarde demais para fazer uma cirurgia, nesse momento a sensação de ser totalmente destruída invade sua vida, como que vai ver sua filha crescer, não tem familiares, o parente mais próximo é a sogra que a culpa, Hye Soo não quer que sua filha tenha uma vida difícil ou siga pelo caminho errado, mas como resolver tantos problemas sabendo que vai morrer tão jovem?
Mesmo em meio a tantas tristezas Hye Soo não desanima e tanta o seu melhor, assim graças a seu cunhado consegue trabalhar no restaurante de Ji Hoon e em um momento que estava fugindo dos agiotas acaba ouvindo uma conversa restrita, na qual Ji Hoon se propõe a fazer um contrato de casamento com alguma mulher que tenha compatibilidade com sua mãe. O contrato seria simples, a candidata teria de fazer os testes, assinar o contrato de casamento, receberia uma bela quantia, não poderia falar nada para ninguém e assim que sua mãe se recuperasse se divorciariam, mas assim como no Brasil, na Coreia do Sul também é crime contratos para "doação" de órgãos.
Rapidamente Hye Soo aparece no meio da conversa e diz aceitar a proposta, Ji Hoon se surpreende, primeiro por ter alguém no restaurante e não apenas seu gerente e ele, segundo por esta mulher até então desconhecida aceitar a proposta.


Com o desenrolar da história Hye Soo faz algumas exigências no contrato para garantir o futuro de sua filha e começa a aprender tudo sobre o até então desconhecido Ji Hoon, o mais interessante neste drama é a forma como os personagens se conectam e formam uma atmosfera agradável mesmo com um tema pesado, um dos poucos momentos cômicos e descontraídos são da pequena Cha Eun Sung, a filha de Kang Hye Soo, esses momentos também se desenvolveram com o tempo juntando mãe, filha e "padrasto".
Logo de início Cha Eun Sung não aceita o novo homem na vida de sua mãe, como criança vê apenas a imagem de seu pai, sempre lembrada por sua mãe, como o homem da casa, o homem da família, então qualquer outro homem seria um intruso em suas vidas, mas devido ao contrato e os questionários do hospital a menina precisaria ser ouvida. Como ouvir a menina que não gosta do "relacionamento" de sua mãe?
Esse foi um ponto que Ji Hoon precisou desenvolver, aos poucos começou a desenvolver laços afetivos não apenas com a menina mas também com a mãe, começou a se ver como uma família, peculiar, mas família.



O drama trata a questão da ética falando sobre a venda de órgãos, até onde você iria para salvar quem ama? Também fala das desventuras da vida e mesmo sabendo que tudo esta contra a sua própria felicidade é possível viver cada dia como se fosse o último, viver da melhor forma possível. 
Marriage Contract mostra que devemos valorizar a vida, amar e deixar ser amado, valorizar os pequenos detalhes da vida, coisas ruins acontecem todos os dias e não sabemos ate quando estaremos nesse mundo, muito menos até quando quem amamos estará conosco, portanto viva, viva feliz, ame cada pedaço do seu dia, não deixe as adversidades da vida tirar a sua vontade de viver.

Espero que vocês tenham gostado da resenha, não vou contar o final da história, não teria graça contar o desfecho, esse drama por mais que seja meio triste, afinal não tem um final tão feliz faz com que pensemos nas pequenas coisas da vida e no valor que cada uma tem. Vocês podem assistir todos os episódios gratuitamente no Viki e no DramaFever. Os Dramas são apenas legendados.

Assistam também o trailer, infelizmente não encontrei legendado em Português, o que coloquei é em espanhol.


Beijinhos e até a próxima.

Share this:

JOIN CONVERSATION

21 comentários:

  1. Gostei muito do post, confesso que não sabia o que era K-Drama e fui la no seu outro post para descobrir. Gostei muito, é diferente de tudo que assisti até hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado Karla, sim os Doramas são totalmente diferentes das mini séries americanizadas, tem um encanto diferente.
      Beijos, volte sempre!

      Excluir
  2. Nossa, achei a série bem interessante. Nunca assisti nenhuma nessa temática e fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito boa, você vai gostar.
      Beijos, volte sempre!

      Excluir
  3. Olha só! Nunca tinha ouvido falar dessa categoria! K-drama! Conheço uma amiga que vai adorar! Já vou indicar pra ela!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, agora já conhece, indica pra sua amiga conhecer um pouco mais.
      Beijos, volte sempre!

      Excluir
  4. Oi, tudo bem com você?
    Durante uma época da minha vida lembro que me tornei uma grande fã de k-pop, acompanhava várias bandas e artistas, até mesmo me aventurei assistindo alguns k-dramas. Atualmente eu nem assisto ou escuto muitas músicas coreanas, mas mesmo assim sempre é bom ter algumas indicações e a sua resenha me deixou bastante interessada.
    Bjs e sucesso com o blog!
    https://escritorawhovian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa parece ser legal, pena que não curto muito serie :(

    Www.euquebea.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que legal, essa é nova pra mim, não conhecia! Fiquei muuuuito curiosa e vou pesquisar mais sobre.
    amei a dica!

    Beijos ♥
    Caroline Leal
    www.mostreaomundo.com.

    ResponderExcluir
  7. Legal seu post!
    Nunca fui fã de k-pop, mas tenho vários amigos que curtem. Sempre interessante ler esse tipo de post e aprender um pouquinho mais sobre outras culturas, k-drama, e etc. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro drama, e com certeza vou chorar mto, vou assistir 😃

    ResponderExcluir
  9. Adorei a indicação!
    Não sou muito fã de séries de drama, por que sempre acabo me decepcionando </3 Mas acho que essa deve valer a pena!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Depois que o Sr. Chan lançou uma banda k-pop eu diquei viciada kk.
    Já assisti 2 séries orientais, tanto japonesas, quanto coreanas.
    Eles tem um talento incrível que deveria ser mais divulgado no Brasil <3
    São excelentes!
    Amei seu post e sua resenha.
    Vou procurar para acompanhar.
    Beijinhuss

    ResponderExcluir
  11. Que lindo! Não sabia que esse tipo de série se chamava K-Drama. Eu adoro tudo que envolve a cultura oriental, me recordo que o último que assisti foi "um litro de lágrimas" que é fantástico! Já salvei aqui para assistir esse. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do post, ainda mais por que tem esta parte de "orgãos" ficam complexos algumas coisas. Não conhecia esta série. Super beijo 😘

    ResponderExcluir
  13. Muito legal eu adoro resenhas... No meu blog também tem www.diversidadescomnubia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Nossa, adorei conhecer sobre K-Drama e me interessei pelo negocio rs Parece ser bem legal hein!! :D

    ResponderExcluir
  15. Que demais nunca vimos nada do tipo e já ficamos super curiosas, parece ser bem legal ♥
    Beijos
    Vou Arrasar

    ResponderExcluir
  16. Nunca vi nada do tipo, fiquei bem curiosa. Adorei o post <33
    Parabéns pelo blog, já estou seguindo para poder acompanhar as novidades

    www.papomoleca.com.br

    ResponderExcluir
  17. Sou louca por doramas <3
    Ja quero ver esse!!! Netflix ultimamente ta com muitos.
    Minha lista so cresce por lá vou procurar esse <3


    Voltei com o meu blog e quero te convidar a visitar. Além do visual novo, ele já está cheio de posts novos também <3

    http://www.renatachampion.com.br/

    ResponderExcluir